Judicialização da rede é esperança democrática

Para Gilson Schwartz, a internet está mudando de cara e se torna cada vez mais uma esfera pública, onde impera o ativismo judicial

A chamada “judicialização” da vida tem sido uma das dimensões mais notáveis da crise de legitimidade das democracias em todo o mundo. No Brasil, mas também nos Estados Unidos e na União Europeia, estamos observando, já há alguns anos e com muito mais intensidade agora, a judicialização das redes sociais. Dada a fragilidade das instituições democráticas e a crise de legitimidade do Legislativo e do Executivo, parece que a digitalização do STF vai muito além da realização das sessões do tribunal por meio de videoconferência.

Segundo o professor Gilson Schwartz, “a internet está mudando de cara e se torna cada vez mais uma esfera mais pública, onde impera o ativismo judicial. Resta esperar que, apesar de toda a ambiguidade que cerca o tema controle social do sistema de comunicação, esse ativismo digital e judicial traga alguma esperança para que surja uma ordem política com mais democracia e menos dromocracia”.

Saiba mais no http://sites.usp.br/Iconomia


Iconomia 
A coluna Iconomia, com o professor Gilson Schwartz, vai ao ar toda segunda-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.