Investigação de desvios no Sistema S reforça tendência autoritária do governo federal

André Singer comenta operação da Polícia Federal para desvendar esquema no Rio de Janeiro, no que considera ser uma reação da Operação Lava Jato

Na coluna Poder e Contrapoder desta semana, o professor e cientista político André Singer analisa a operação deflagrada pela Polícia Federal na quarta-feira (9), a fim de desvendar um esquema de desvios no Sistema S do Rio de Janeiro. “Tornou-se uma grande operação, com 50 mandados de busca e apreensão contra grandes escritórios de advocacia, dentre eles os de advogados ligados ao atual presidente Jair Bolsonaro e ao ex-presidente Lula”, aponta Singer. 

Chama atenção, neste episódio, o fato de parecer ser uma reação da Operação Lava Jato, que tem apresentado uma situação de derrotas, como a pena de censura ao procurador Deltan Dallagnol por tweets emitidos durante a eleição para a presidência do Senado, em 2019, contra Renan Calheiros. O colunista afirma haver “uma série de elementos que dão a impressão de que a Lava Jato está num período de retrocesso e que esta operação no Rio, de algum modo, parece ser uma reação a este processo de recuo”.

De acordo com Singer, a Lava Jato constitui-se como elemento de judicialização da política brasileira a partir de 2014, um quadro que não é positivo porque “justiça é uma coisa, política é outra”. Além disso, comprovou-se uma atitude de facciosismo durante a Lava Jato, prejudicando setores da política brasileira, especialmente o PT e o ex-presidente Lula. Por outro lado, como analisa o colunista, levantou uma série de elementos importantes sobre o funcionamento da política brasileira. 

Este conflito agora posto mostra, mais uma vez, o caráter de tendência autoritária do governo de Jair Bolsonaro, que, “em boa medida, chegou a esta posição por causa da Lava Jato e agora está em conflito com a operação”. Singer finaliza dizendo que se deve estabelecer uma situação em que “a democracia brasileira possa ter condições de disputa, com lisura, transparência, mas, ao mesmo tempo, sem judicialização e sem facciosismo”.

Ouça a íntegra da coluna no player.


Poder e Contrapoder
AA coluna Poder e Contrapoder, com o professor André Singer, vai ao ar toda quinta-feira às 9h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.