Há grande demanda por ortopedistas fora da região Sudeste; conheça a especialidade

Programa “Abrace uma Carreira” tira dúvidas de quem pensa em se dedicar à área de ortopedia e traumatologia

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Dulcie / Flickr-CC

O programa Abrace uma Carreira do dia 13 de setembro convidou o médico Fábio Ravaglia para falar sobre sua especialidade: a ortopedia. Membro titular da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, Ravaglia explica como surgiu seu interesse na área e as etapas de formação para quem deseja atuar nesse ramo.

O profissional pode integrar equipes médicas em clínicas, consultórios, hospitais, associações esportivas e unidades de saúde públicas e privadas ou também atuar como autônomo. Para se tornar ortopedista, é preciso se formar em Medicina e fazer a residência na área. Depois, também é possível dar continuidade à formação, com a residência em uma subespecialidade (coluna, joelho ou quadril, por exemplo).

Na USP, o curso de Medicina é oferecido em três campi: São Paulo, Ribeirão Preto e Bauru.

Também participou do programa a jornalista Helena Fruet.

Ouça na íntegra:

A proposta do Abrace uma Carreira é divulgar e tirar dúvidas de jovens estudantes sobre as profissões. Em cada edição, especialistas relatam suas experiências e respondem às perguntas feitas pelos estudantes.

O programa vai ao ar na Rádio USP- 93,7 MHz, toda  quinta-feira, às 13 horas, com reprise aos domingos, às 16 horas. A produção e apresentação é da jornalista Miriam Ramos.

Sugestões e perguntas pelos e-mails: abrace@usp.br e miriamramos@usp.br

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados