Guilherme Wisnik homenageia Gilberto Gil

O colunista diz que o cantor e compositor, aniversariante na semana passada, marcou presença no Brasil e no exterior como ministro da Cultura

Nesta edição de sua coluna, Guilherme Wisnik presta uma homenagem a um artista que considera um dos maiores do Brasil: Gilberto Gil, que, no último dia 26, completou 78 anos de vida. Nessa toada, o colunista lembra que, além de artista exemplar, Gil foi também ministro da Cultura no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, marcando a presença do Brasil no exterior e assinando momentos marcantes, como quando realizou uma apresentação musical no auditório da ONU, em Nova York. Para Wisnik, isso contrasta radicalmente com a imagem que o Brasil tem hoje lá fora.

Por fim, destaca que Gilberto Gil não é apenas um artista “luminoso e generoso”, mas também “autor de canções cortantes, duríssimas, ásperas e terríveis quando deviam ser”.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.


Espaço em Obra
A coluna Espaço em Obra, com o professor Guilherme Wisnik, vai ao ar toda quinta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

 

 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.