Governo precisa sair da defensiva para restaurar a credibilidade internacional

Com a imagem da política ambiental desgastada o governo brasileiro precisa trabalhar rigorosamente para aplicar a legislação, coibindo o ilícito e fiscalizando a sua execução

As retóricas e os compromissos assumidos pelo governo federal com relação à Amazônia e preservação dos povos indígenas foram entendidos interna e externamente como contrários aos compromissos internacionais assumidos pelo Brasil nos últimos 30 anos.

“O governo perdeu a batalha da comunicação”, enfatiza Rubens Barbosa. Para ele não resta muito tempo para o governo sair da defensiva e tomar uma atitude para restaurar a credibilidade externa e a confiança nas políticas domésticas para a Amazônia e os povos indígenas.

Barbosa sugere mobilização interna e no exterior para superar a percepção negativa que o País vem imprimindo em sua política ambientalista. “O governo precisa trabalhar rigorosamente para aplicar a legislação, coibindo o ilícito e fiscalizando a sua execução, além de impedir as queimadas, desmatamento, garimpo ilegal e assegurar a vida e a cultura indígena.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Diplomacia e Interesse Nacional.


Diplomacia e Interesse Nacional
A coluna Diplomacia e Interesse Nacional, com o professor Rubens Barbosa, vai ao ar toda terça-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.