“Fórum SP 21” discute como São Paulo enfrentará mudanças climáticas

De acordo com Nabil Bonduki, evento reúne “quase 170 trabalhos acadêmicos que foram feitos sobre São Paulo, sobre a política urbana da cidade, sobre o Plano Diretor e seus desdobramentos”

 Publicado: 30/09/2021
Por

Na edição de Cotidiano na Metrópole desta semana, o arquiteto e urbanista Nabil Bonduki, professor da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, conta detalhes sobre a realização do Fórum SP 21, um seminário de avaliação do Sistema Municipal de Planejamento de São Paulo, com foco no Plano Diretor e na Política Urbana do município, que chega ao fim nesta sexta-feira, 1° de outubro.

De acordo com Bonduki, o evento “é uma importante atividade que está reunindo quase 170 trabalhos acadêmicos que foram feitos sobre São Paulo, sobre a política urbana da cidade, sobre o plano diretor e seus desdobramentos”.

Dentre os principais assuntos debatidos no encontro, o urbanista destaca a importância da questão ambiental. “Hoje, nós temos aí um dos grandes desafios da cidade: enfrentar a emergência climática e isso aparece em trabalhos que repensam a questão da zona rural, a importância da criação de novas áreas verdes e a importância de poder se trabalhar na compatibilização do desenvolvimento urbano com a Proteção Ambiental para mitigar os efeitos das mudanças climáticas”, reforça ele.

Para o professor, o evento é essencial, já que ele acontece “no momento em que a Prefeitura está debatendo a revisão do Plano Diretor”.


Cotidiano na Metrópole
A coluna Cotidiano na Metrópole, com o professor Nabil Bonduki, vai ao ar toda quinta-feira às 10h00, na Rádio  USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e  TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.