Fortes chuvas apenas comprovam alterações no clima do planeta

Chuvas que pararam São Paulo e castigaram Minas Gerais deveriam ser previstas pelo uso da tecnologia disponível, diz colunista

Fortes chuvas pararam São Paulo nesta segunda-feira (10), o que não foi um fato isolado, já que há poucos dias o Estado de Minas Gerais foi afetado pelo mesmo problema. Tais fenômenos são indicativos das alterações muito profundas no clima de todo o planeta, as quais atingem também o Brasil, “mesmo que alguns mais desavisados tentem negar ou ignorar que há mudanças climáticas muito fortes no mundo”. O fato inegável é que mudanças climáticas estão hoje entre os principais problemas que o planeta enfrenta.

Os eventos climáticos extremos incluem descongelamento da calota polar, furacões de grande potência, chuvas intensas e alteração do nível dos oceanos, entre outros. A agricultura sofre com essa situação, principalmente em países que têm nela uma força motriz, como é o caso do Brasil. A população mais vulnerável também paga um preço muito alto por essas alterações climáticas.

O professor Glauco Arbix entende que não se pode ficar assistindo em berço esplêndido a esse tipo de ocorrência, é preciso usar a tecnologia disponível para prever eventos atmosféricos extremos. Dar alertas em tempo hábil é muito importante nesses casos.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.