Falta de maturidade prejudica enfrentamento da covid-19 no Brasil

Segundo Álvaro Moisés, muito da presente situação tem a ver com a cultura cívica e com a forma como a sociedade se relaciona com o sistema político

Dados do Ministério da Saúde mostram mais de 10 mil mortes e mais de 150 mil pessoas contaminadas pela covid-19 em todo o País. Apesar desses números assustadores, o chamado isolamento social caiu em vários locais do Brasil, inclusive em São Paulo. A desorientação e a confusão causadas pela posição do governo federal, especialmente pelo presidente da República, mostra que muitas pessoas não estão convencidas de que devem se proteger, não dando sua colaboração para poder enfrentar uma crise tão grave e um problema tão difícil de resolver, como é o coronavírus.

Essa constatação remete à cultura cívica. Não apenas o modo como as pessoas pensam o sistema político, mas sua relação com a política, com o Estado, com o governo e, em última análise, com a democracia, e também como elas pensam a relação com outras pessoas, o seu lugar na sociedade, com suas responsabilidades, deveres e seus direitos no sentido positivo, e a parte que cabe a elas fazer.

O professor José Álvaro Moisés cita que “nesta crise muitas pessoas não estão convencidas de que podem dar uma colaboração, e de que a sua participação é extremamente importante para que o País como um todo enfrente a crise e, de alguma maneira, resolva o problema”.


Qualidade da Democracia
A coluna A Qualidade da Democracia, com o professor José Álvaro Moisés, vai ao ar toda terça-feria às 8h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.