Falta ciência em aulas de esporte para crianças, avalia especialista

Aplicação de recursos da ciência em aulas de esporte pode contribuir na formação de esportistas e em novos conhecimentos na área

 Publicado: 26/11/2021

Nesta edição da coluna Ciência e Esporte, o professor Paulo Santiago discute a falta da aplicação dos recursos de ciência do esporte nas aulas de esportes para crianças. De acordo com o professor, são poucas as escolas de futebol, por exemplo, que aplicam ciência do esporte e investem na coleta de dados para gerar novos conhecimentos.

A propósito do tema, Santiago lembra da contribuição do livro Observação, análise e interpretação do desempenho em treino e jogo no futebol: um matrimônio entre a ciência e a prática, dos professores Rodrigo Aquino e Luiz Guilherme Gonçalves. A obra propõe que a ciência do esporte use a prática das aulas como base de informações para conhecimentos na ciência do esporte, ao que o professor Santiago sugere a adoção das práticas científicas pelas aulas de formação do futuro esportista. No caso das aulas de futebol, as crianças não só aprenderiam a jogar, mas também contribuiriam para o aumento do conhecimento na área.

O problema, segundo o professor, é que são raras as iniciativas dessa integração, além da falta de incentivo dos professores para uma maior informação dos alunos.

Para quem gosta do tema, a coluna Ciência e Esporte está aberta a sugestões de temas para as próximas edições, que podem ser feitas pelo e-mail ou através de comentários no canal da coluna no YouTube. A única restrição é que sejam relacionadas à ciência e ao esporte.


Ciência e Esporte
A coluna Ciência e Esporte, com o professor Paulo Santiago, vai ao ar toda sexta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.