Estudo analisa técnicas de formação de atletas no futebol europeu

Enquanto alemães e ingleses investem em treinos físicos, espanhóis e portugueses simulam jogos para treinar novos jogadores de futebol

Por

Na coluna Ciência e Esporte desta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre o artigo Prática de tomada de decisão durante sessões de treinamento no futebol juvenil de elite em países europeus, publicado em 2020 na revista científica Science and Medicine in Football. O estudo analisa as diferentes técnicas de treinamento adotadas por treinadores de futebol juvenil da Alemanha e Inglaterra, comparadas com as da Espanha e Portugal.

Foram analisados 83 treinos de meninos de 12 a 16 anos e as técnicas usadas durante as sessões. Como resultado, o estudo mostra que tanto os clubes alemães quanto os ingleses usam técnicas de tomada de decisão não ativa, com foco no condicionamento físico de cada jogador, como aquecimento e treino de habilidades sem a oposição de outro jogador.

Já os clubes portugueses e espanhóis usam técnicas de tomada de decisão ativa. Nesse tipo de treinamento, os jovens treinam suas habilidades em jogos simulados, ou seja, eles são divididos em pequenos times para aperfeiçoar suas habilidades em campo.

O professor Santiago afirma que a função do estudo “não é definir qual é a melhor técnica ou a pior, mas permitir que os treinadores analisem e encontrem as técnicas mais condizentes de treinamento para seu time”. Ele salienta ainda que não há estudos brasileiros sobre o assunto, mas que seriam muito importantes para a área de ciência e esporte.

Os ouvintes podem participar da coluna Ciência e Esporte, sugerindo temas ou enviando questões para as próximas edições pelo e-mail ou através de comentários no canal da coluna no youtube. A única restrição é que sejam temas relacionados à ciência e esporte.


Ciência e Esporte
A coluna Ciência e Esporte, com o professor Paulo Santiago, vai ao ar toda sexta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.