Engenheiro naval deve saber analisar os vários sistemas que integram um navio

Engenheiro que projetou o barco que levou Amy Klink à Antártica participa do programa “Abrace uma Carreira”

  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
Amyr Klink a bordo do I.A.T em 1984, na costa baiana – Foto cedida por Amyr Klink

O programa Abrace uma Carreira recebeu, no dia 23 de agosto, o navegador Amyr Klink e o responsável por projetar o barco com o qual cruzou o Atlântico Sul, o engenheiro naval José Carlos Furia. Eles se conheceram na USP, onde Furia se formou pela Escola Politécnica (Poli) e Klink estudou economia.

No curso de Engenharia Naval da USP, os alunos compartilham disciplinas de formação básica com os demais cursos da Poli. Na parte intermediária, valoriza-se a formação em fundamentos da engenharia, com encaminhamento para as disciplinas mais específicas da habilitação profissional na segunda parte do curso. No último ano, há a realização de projeto de formatura e de disciplina de estágio supervisionado obrigatório. O curso inclui disciplinas optativas, permitindo a participação do aluno na concepção de sua formação e valorizando a multidisciplinaridade.

Também participaram do programa o maestro Luciano Camargo e a bailarina Úrsula Pacolo Corrêa.

Ouça o programa na íntegra:

A proposta do Abrace uma Carreira é divulgar e tirar dúvidas de jovens estudantes sobre as profissões. Em cada edição, especialistas relatam suas experiências e respondem às perguntas feitas pelos estudantes.

O programa vai ao ar na Rádio USP- 93,7 MHz, toda quinta-feira, às 13 horas, com reprise aos domingos, às 16 horas. A produção e apresentação é da jornalista Miriam Ramos.

Sugestões e perguntas pelos e-mails: abrace@usp.br e miriamramos@usp.br

  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados