Educação, um direito humano, social e fundamental

“Home school”, ou estudo em casa, limita a sociabilidade e deve ser muito bem pensado

O direito à educação é intrínseco ao ser humano e à formação da pessoa. Nossa constituição dá essa garantia a crianças e adolescentes que na fase escolar estão com sua personalidade em formação. O Estatuto da Criança e do Adolescente leva o Estado, a sociedade, a família e, sobretudo, a escola para esse compromisso de formar pessoas cidadãs. Por esse motivo, estar na escola é tão importante.

No ambiente escolar, o estudante terá uma convivência com o diferente, com a sociedade, desenvolvendo sua sociabilidade. Por esse motivo, o home school, ou o ensinamento fora da escola, deve ser muito bem pensado. Na opinião da professora Eunice Prudente, essa não é a forma ideal de aprendizado em uma república em formação como o Brasil. Segundo ela, “o que nós queremos é viver o pleno direito, o respeito, a cidadania com participação política. Para tanto, a pessoa deve ser livre. Livre para pensar, proceder e atuar, e isso começa ainda no ensino infantil”.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.


Educação e Direitos
A coluna Educação e Direitos, com a professora Eunice Prudente, vai ao ar toda sexta-feira às 8h30, na Rádio  USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e  TV USP. 

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.