Duo Catrumano explora o tom do jazz e do blues na viola caipira

Uma dupla, um trio e um quarteto de violeiros que enriquecem a história da viola no Brasil

O programa Revoredo desta semana apresenta o trabalho do Duo Catrumano, Trio Carapiá e quarteto Viola Arranjada. O Duo Catrumano foi formado em 2009, por Elias Kopcak e Rodrigo Nali, e nesta edição do Revoredo conta com a participação de Marco Bosco na percussão. A dupla explora a viola caipira e também traz um tom de jazz e blues, interpretando grandes compositores como Renato Andrade, Zeca Collares, Levi Ramiro, Almir Sater, Tião Carreiro e Ivan Vilela. Em 2014, veio o lançamento do primeiro álbum do Duo, intitulado “Duo Catrumano”, com 12 faixas.

O Revoredo também traz o único trio de viola caipira do Brasil, Trio Carapiá, formado em 2002, pelos músicos João Paulo Amaral, Rodrigo Nali e Elias Kopcak. Seu início foi marcado pela conquista do primeiro lugar no Festival de Música de Poços de Caldas (MG), na categoria de melhor arranjo. Além disso, o grupo já subiu ao palco com artistas como Almir Sater, Paulo Freire, Inezita Barroso, Fernando Deghi e Ivan Vilela. Em 2007 o trio lançou o primeiro CD “Levante”, com faixas 12 faixas. 

O quarteto Viola Arranjada composto pelos músicos Anderson Baptista, Ighor Aguila, Thiago Rossi e Vinícius Muniz, expressa a diversidade musical através da viola caipira. O grupo que mistura um tom de jazz, também traz o som de outros instrumentos como o violão, o clarinete, o contrabaixo acústico e o bandolim. Em 2010, o quarteto lançou seu álbum independente “O Vale das Repetições”, com 12 faixas. 

No programa tem as músicas: Jeca na estrada, Brincando Com as Crianças, Piedade, Suíte Carapiana, Vaca Estrela e Boi Fubá, Valsa para Diogo, Sinos e Almeria.

Ouça no player acima o programa Revoredo na íntegra. 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.