Descoberta recente sobre os minerais nos levará a repensar a história da Terra

Artigo veiculado recentemente, numa importante revista científica americana, traz uma nova classificação dos minerais

 04/08/2022 - Publicado há 4 meses

Os mineralogistas americanos Robert M. Hazen e Shaunna M. Morrison publicaram no dia 1º de julho deste ano de 2022, na revista American Mineralogist, um artigo que traz uma nova classificação dos minerais. “Há uma classificação tradicional que tem 200 anos baseada, principalmente, na questão da estrutura cristalográfica do mineral e também dos processos geoquímicos”, diz o professor José Eli da Veiga. De acordo com o colunista, o que os cientistas fizeram foi levar em conta a formação dos minerais não apenas pelo ângulo geoquímico. “E eles chegaram a um resultado surpreendente para nós”, destaca o professor.

Segundo Eli da Veiga, estamos absolutamente acostumados a pensar que as estruturas geológicas influenciaram demais a vida porque, em princípio, os organismos vão se adaptando às condições geológicas dadas. “Mas o que os mineralogistas nos mostram é que há processos em que a vida é que influenciou a formação dos minerais”, destaca, ressaltando que “um mesmo mineral pode ter vinte e tantos processos diferentes de formação”. O colunista chama atenção para o fato de os mineralogistas terem encontrado 10.566 diferentes tipos de minerais, sendo que na classificação tradicional eram 5.800 no máximo.


Sustentáculos
A coluna Sustentáculos, com o professor José Eli da Veiga, vai ao ar toda quinta-feira às 8h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.