Degradação ambiental foi a tônica em 2019

Para colunista, o pouco caso com o meio ambiente por parte de muitos líderes mundiais pode ser considerado um crime contra a humanidade

Em sua última coluna do ano, o professor Pedro Dallari faz uma avaliação do estado da cidadania no mundo globalizado. “Qual é a marca, qual é a tônica neste tema em 2019?”, pergunta ele. “Sem dúvida, a contestação dos direitos fundamentais do ser humano. Depois de várias décadas de avanços significativos, há um quadro de risco generalizado para os direitos das minorias, das mulheres, dos imigrantes, por exemplo. No mundo e no Brasil, há um quadro de periclitação que é preocupante”, afirma ele. “Mas há resistência, o que é uma boa notícia. A sociedade está reagindo contra estes atos.”

“Um risco ainda maior”, continua Dallari, “porque as ameaças são ainda maiores e não vemos uma resistência tão efetiva, diz respeito à degradação ambiental, que vem se revelando um verdadeiro crime contra a humanidade”. A destruição progressiva das condições ambientais que garantam boa qualidade de vida para os seres humanos começa a ameaçar a própria sobrevivência da espécie humana”, alerta o colunista.

Ouça no player acima a íntegra da coluna Globalização e Cidadania.


Globalização e Cidadania
A coluna Globalização e Cidadania, com o professor Pedro Dallari, vai ao ar toda quarta-feiraa às 8h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

 

 

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.