Crise do coronavírus não é a única a comprometer governabilidade no Brasil

“Cuidados com o meio ambiente e direitos dos povos indígenas merecem mais reflexão por parte do governo”, diz José Álvaro Moisés

Os problemas econômicos derivados da pandemia, somados àqueles que já vinham do período anterior ao próprio estabelecimento da crise do coronavírus, mostra que as medidas que foram adotadas pelo governo, para induzir a retomada econômica, na verdade, não deram os resultados esperados. Nesse sentido, organismos técnicos nacionais e internacionais estão indicando que o Produto Interno Bruto vai ter um recuo de mais de 9% este ano. Esta é uma informação extremamente preocupante.

Representantes dos bancos Itaú, Unibanco e Bradesco chamaram a atenção para os equívocos e para a falta de uma política adequada, efetiva, de defesa do meio ambiente e de proteção do direito de povos indígenas no Brasil. Para esse grupo, a postura do presidente Jair Bolsonaro em relação a esses temas fundamentais aumenta o Risco Brasil e potencializa a fuga de capitais do País, que poderiam ter um papel muito importante na retomada da economia.

“Não é difícil perceber o impacto que essa atitude dos grandes investidores tem sobre os planos e as possibilidades de retomada da economia no Brasil” lembra o professor José Álvaro Moisés.


Qualidade da Democracia
A coluna A Qualidade da Democracia, com o professor José Álvaro Moisés, vai ao ar toda terça-feria às 8h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

 

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.