Crescimento econômico brasileiro gera frustração

Realidade trágica mostra empobrecimento, desaquecimento dos investimentos e encolhimento do Estado

O resultado da realidade negativa sobre o fraco crescimento econômico do País leva a uma deterioração de indicadores na área social, da criminalidade, da saúde. Esse quadro, que não é nem um pouco animador, agora sofre com a pandemia do coronavírus. O questionamento neste momento é sobre o que será feito pelos defensores de um discurso antiglobalização, protecionista, nacionalista. Será que eles acreditam que fechar as fronteiras aos imigrantes vai resolver a questão do coronavírus? Será que quem denuncia a internacionalização da economia acredita que, com medidas de proteção ou de incentivo de subsídios do Estado às empresas de um país, é possível conseguir uma taxa de crescimento mais alta e se isolar do resto do mundo?

O professor Gilson Schwartz faz todos esses questionamentos e lembra que “curiosamente, é um vírus que vem lembrar que o grau de globalização, de internacionalização da economia hoje é irreversível. Ele se dá em um nível em que um vírus é incontrolável”.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna.


Iconomia 
A coluna Iconomia, com o professor Gilson Schwartz, vai ao ar toda segunda-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.