Contaminação de Bolsonaro é um registro histórico, diz colunista

André Singer aponta que, apesar de o fato não ter conotação política, ficará, sim, marcado como um momento histórico

 09/07/2020 - Publicado há 1 ano

O fato de Jair Bolsonaro ter contraído o coronavírus — de acordo com André Singer — não tem, ao menos inicialmente, conotação política. O especialista aponta que todos estão sujeitos a isso, no entanto, visto o descaso com que o presidente encarou a pandemia até aqui, negando as medidas de segurança recomendadas pelas principais instituições de saúde, o acontecimento tem tom “irônico”.

Os desdobramentos políticos do caso irão depender diretamente do quadro clínico do chefe de Estado, já que é possível que ele tenha somente sintomas leves, como a maioria das pessoas, ou graves, até mesmo letais. Mas, segundo o professor, independentemente disso, o fato ficará marcado como um registro histórico.

“Terá, no mínimo, uma relevância histórica. Temos uma tragédia nacional, com mais de 65 mil mortes, o segundo país com o maior número de óbitos. Isso sem dúvida acabará recaindo sobre o presidente da República, e o fato de ele próprio [Bolsonaro] ter sido contaminado vai ficar como um registro notável.”

Ouça a íntegra no link acima.


Jornal da USP no Ar 
Jornal da USP no Ar é uma parceria da Rádio USP com a Escola Politécnica, a Faculdade de Medicina e o Instituto de Estudos Avançados. No ar, pela Rede USP de Rádio, de segunda a sexta-feira: 1ª edição das 7h30 às 9h, com apresentação de Roxane Ré, e demais edições às 10h45, 14h, 15h e às 16h45. Em Ribeirão Preto, a edição regional vai ao ar das 12 às 12h30, com apresentação de Mel Vieira e Ferraz Junior. Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 93.7, em Ribeirão Preto FM 107.9, pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo do Jornal da USP no celular. 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.