Tecnologia trará benefícios para agricultura e pecuária

Radfahrer acredita que as mudanças que beneficiarão ambos os setores ainda mal começaram e que há muito por vir

Nesta edição, Luli Radfahrer especula sobre os avanços futuros nas áreas da agricultura e da pecuária. Na agricultura, as colheitadeiras dirigidas por satélite já são um avanço considerável, da mesma forma que as fazendas verticalizadas, que economizam espaço de colheita, por exemplo. É a chamada agricultura de precisão, ainda que os benefícios da tecnologia ainda não tenham atingido o plantio de sementes e o uso do solo. “O que está acontecendo agora é um investimento maior para que a semente produza mais”, na tentativa de trazer um pouco do raciocínio da máquina para a biologia.

A pecuária, no entanto, ainda precisa mudar, e é o que deve acontecer num futuro próximo, até porque o gado é um enorme produtor de metano. Por isso, não estão descartadas alterações radicais  no setor, como a produção de bife sintético, ou seja, carne produzida em laboratório. Radfahrer acredita que, no futuro, o consumo de proteína animal passará por grandes transformações.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna Datacracia.


Datacracia
A coluna Datacracia, com o professor Luli Radfahrer, vai ao ar toda sexta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.