É preciso fortalecer a fiscalização para detectar casos de escravidão contemporânea

Renato Janine fala sobre o caso da trabalhadora Madalena Gordiano indenizada após ter sido mantida durante 38 anos em uma situação análoga à escravidão

 21/07/2021 - Publicado há 2 meses  Atualizado: 12/08/2021 as 14:05

Nesta coluna, Renato Janine Ribeiro comenta um caso que chocou o Brasil: o da empregada Madalena Gordiano, que viveu durante 38 anos em situação análoga à escravidão. Em novembro de 2020, ela foi resgatada pelo Ministério Público do Trabalho e pela Política Federal. Agora ela vai receber como indenização da família que a escravizou um apartamento e um carro.

Para o professor, é um caso chocante, como outros semelhantes já ocorridos no Brasil. Mas considera como positivo que ele tenha sido resolvido rápido. Porém, na opinião de Janine, a indenização foi insuficiente, e os escravagistas poderiam arcar com um pagamento mensal, por exemplo. O colunista também diz ficar particularmente chocado com o fato de um deles ser professor universitário, assim como ele.

O colunista lembra que casos semelhantes ocorrem principalmente no interior do País e na Amazônia, em que os escravagistas colocam mercadorias à venda por preços muito altos, obrigando os trabalhadores a comprar unicamente deles, levando a contraírem uma dívida que nunca conseguem pagar devido aos preços abusivos.

Janine destaca a necessidade de fortalecimento da fiscalização para descobrir casos semelhantes e impedir que novos episódios como esse ocorram. E também a disponibilização de canais de denúncia, com o 0800, visitas surpresas a locais suspeitos e a aplicação do princípio constitucional de confisco de bens de quem pratica trabalho escravo. Mas o atual governo se caracteriza por uma redução das fiscalizações, tanto ambientais quanto trabalhistas, o que torna tudo mais difícil. “Precisamos ter medidas severas, porque é inacreditável que, em pleno século 21, 133 anos após ter sido abolida a escravidão no Brasil, a gente ainda tenha esse tipo de desrespeito aos Direitos Humanos mais básicos”, finaliza.


Ética e Política
A coluna Ética e Política, com o professor Renato Janine Ribeiro, vai ao ar toda quarta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.