Reforma da Previdência abre possibilidades para crescimento econômico

Expectativa de crescimento da economia para 2020 é de 2,5%, número maior do que em anos anteriores

Nesta edição da coluna Reflexão Econômica, o professor Luciano Nakabashi fala sobre a aprovação da reforma da Previdência, as perspectivas que podem se abrir e os seus possíveis desdobramentos.

O professor diz que a equipe econômica do atual governo vem conseguindo dar andamento em alguns projetos importantes, que vão, ao longo do tempo, levar a “boas perspectivas de crescimento econômico para o País, sendo que já existem expectativas de que, no ano de 2020, a economia cresça em torno de 2,5%”, número maior do que anos anteriores.

Além da reforma da Previdência, outras se encaminham, como a reforma tributária, que, segundo o professor, “pode ajudar a dinamizar a economia com a redução dos processos burocráticos. Assim como algumas alterações no mercado de trabalho e na terceirização”, ações que poderiam proporcionar maiores investimentos no mercado brasileiro.

Quanto aos desdobramentos das reformas e outras medidas que visam à melhora da economia, Nakabashi ressalta que seus efeitos poderão ser percebidos a longo prazo, visto que o processo de retomada no crescimento é gradativo. “Por um lado, a economia mundial está crescendo menos, por outro a gente percebe a instabilidade política e social em alguns países da América Latina”, cenários repletos de incertezas que acabam afetando o Brasil também.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Reflexão Econômica.


Reflexão Econômica
A coluna Reflexão Econômica, com o professor Luciano Nakabashi, vai ao ar toda quarta-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.