Questão ambiental ainda emperra acordo Mercosul/União Europeia

A questão do desenvolvimento sustentável é uma agenda que poderá encontrar resistência por parte dos europeus, na visão de Rubens Barbosa

Na semana passada, esteve no Brasil o secretário-geral adjunto de assuntos políticos da União Europeia, Jean-Christophe Belliard, que, entre outros assuntos, tratou do acordo entre o Mercosul e a UE, atualmente em sua fase final. A assinatura deverá ocorrer em meados do próximo ano, mas o acordo deverá levar dois anos antes de efetivamente entrar em vigor. O alto funcionário da UE destacou a questão do desenvolvimento sustentável, item que mereceu um capítulo específico do acordo em seus mais diversos aspectos. Prevê-se que esse tópico em particular deva encontrar alguma resistência por parte dos consumidores e dos partidos verdes europeus.

“As últimas notícias aqui no Brasil não foram das melhores: quase 30% de desmatamento na Amazônia, com a interiorização desse desmatamento”, observa o embaixador Rubens Barbosa. Também não ajuda em nada, para a percepção da questão do meio ambiente no Brasil, a ideia da venda de troncos de árvores nativas.

No próximo dia 3 de dezembro, o Instituto de Relações Internacionais e Comércio Exterior irá realizar um encontro sobre diplomacia ambiental, durante o qual serão discutidos os compromissos assumidos pelo Brasil em relação a essa questão.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna Diplomacia e Interesse Nacional.


Diplomacia e Interesse Nacional
A coluna Diplomacia e Interesse Nacional, com o professor Rubens Barbosa, vai ao ar toda terça-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.