Monge budista incita ódio a minoria muçulmana em Mianmar

Colunista comenta sobre o genocídio muçulmano em Mianmar e ressalta que a imprensa fala pouco sobre isso

Na coluna de hoje, Marília Fiorillo comenta sobre o budismo, que pode ser considerado uma filosofia modesta ou religião institucional. Apesar de orientar condutas cotidianas, a doutrina budista também tem causado conflitos, principalmente em Mianmar, com Ashin Wirathu, o monge considerado como “Bin Laden de túnica laranja”.

Wirathu incita o discurso de ódio contra os muçulmanos na região. Marília comenta que “chama atenção a ausência na imprensa de uma menção sobre o que está acontecendo em Mianmar, isto é, uma segunda onda de genocídios, e o papel central do monge ‘das trevas’ na matança da minoria muçulmana”.

Saiba mais ouvindo a coluna na íntegra.


Conflito e Diálogo
A coluna Conflito e Diálogo, com a professora Marília Fiorillo, vai ao ar toda sexta-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.