Fapesp é referência na criação de centros de pesquisa em IA

O colunista afirma que o fato de a Fapesp ser referência é animador, por que o Brasil tem se pautado por declarações e pronunciamentos que nem sempre são reais

Na edição de hoje, o professor Glauco Arbix comenta as novidades do encontro realizado em Brasília, entre dirigentes da Fapesp e dirigentes  do Ministério da Ciência e Tecnologia, Inovações e Comunicações, para a implantação de novos centros de pesquisa em Inteligência Artificial voltados para as áreas de saúde, agricultura, segurança cibernética, sustentabilidade, educação e várias outras dimensões.

O MCTIC está usando como referência a construção de centros semelhantes aos que a Fapesp desenvolve no Estado de São Paulo.  “O fato de a Fapesp estar presente é animador, por que o Brasil, no último período, tem se pautado por declarações e pronunciamentos que nem sempre se tornam realidade”, analisa o professor.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Observatório da Inovação.


Observatório da Inovação
A coluna Observatório da Inovação, com o professor Glauco Arbix, vai ao ar toda segunda-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.