“Dataset” beneficia o futebol

O uso de dados organizados favorece os times de futebol e também os pesquisadores

 

Nesta edição, o professor Paulo Santiago  fala sobre o uso no futebol do conjunto de dados organizados, o dataset

Segundo o professor, os grandes times de futebol ao redor do mundo já perceberam como o dataset pode ser bem aproveitado pelos pesquisadores. A utilização desses dados organizados é extremamente proveitosa para analisar as aplicações práticas, além de, sobretudo, oferecer benefícios tanto para as equipes de futebol como para os cientistas.

O tema é de tal importância que, recentemente, um artigo sobre o assunto foi publicado na revista Nature Scientific Data. “Apesar da tecnologia chamar a atenção e já estar sendo usada nos grandes clubes internacionais, ainda faltam iniciativas para que o dataset seja amplamente usado no Brasil”, enfatiza o professor.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Ciência e Esporte.


Ciência e Esporte
A coluna Ciência e Esporte, com o professor Paulo Santiago, vai ao ar toda sexta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.


  •  
  •  
  •  
  •  
  •