Controle do colesterol deve ser rígido em pacientes que sofreram AVC

Estudo com 2.860 pacientes mostrou que colesterol abaixo de 70mg/dl diminui riscos de novos problemas cardiovasculares

Nesta edição da coluna Minuto do Cérebro, o professor Octávio Pontes Neto fala sobre a importância do controle do colesterol em pacientes com Acidente Vascular Cerebral (AVC).

De acordo com o professor, o controle mais agressivo, em pessoas que sofreram um AVC de origem lateral aterosclerótica ou ataques químicos transitórios, deve ser feito com doses altas de estatina, remédios utilizados para baixar os níveis de colesterol no sangue. 

Apesar do controle necessário, o nível de LDL, colesterol ruim, que deveria ser mantido no sangue, não era bem definido pelos especialistas. Com o objetivo de solucionar essa imprecisão, foram publicados os resultados de um estudo realizado com 2.860 pacientes com ataque isquêmico, na revista New England Journal of Medicine, que mostrou que o controle mais agressivo, com níveis de colesterol LDL abaixo de 70mg/dl, apresentou maior redução a riscos de novos problemas cardiovasculares. 

Estudos anteriores tinham sugerido um discreto aumento do risco de hemorragia cerebral com doses mais altas de estatina, “mas neste estudo essa meta mais agressiva não foi associada ao risco de hemorragia intracraniana. Então, em conjunto, esse estudo sugere que se deve, sim, perseguir uma meta mais agressiva do controle do colesterol LDL nesses pacientes”.  

Ouça no link acima a íntegra da coluna Minuto do Cérebro.


O minuto do Cérebro
A coluna O minuto do Cérebro, com o professor Octávio Pontes Neto, vai ao ar toda terça-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.