Bandeira tarifária é mal necessário para evitar desabastecimento de energia

Para colunista, é inevitável o acionamento das usinas térmicas para garantir a segurança do sistema

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

O governo pretende mudar a fórmula usada para calcular o risco de falta de energia no Brasil. O chamado parâmetro de risco deverá ser mais rígido, acionando as bandeiras tarifárias mais cedo. Teoricamente, isso trará maior segurança ao sistema, mas também causará aumentos na conta de luz. Em sua coluna semanal para a Rádio USP, o professor José Goldemberg aborda essa questão. Segundo ele, para que não falte energia, é preciso acionar as térmicas, o que acaba encarecendo o sistema, num momento em que a falta de chuva no norte do País prejudica a produção de hidroeletricidade.
.  o o

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados