Atitudes inaceitáveis do poder público são moeda corrente no Brasil

Posturas da polícia e do governo diante das mortes e da violência em Paraisópolis são inaceitáveis, diz Renato Janine

Para o colunista Renato Janine Ribeiro, a violência desmedida da Polícia Militar na favela paulistana de Paraisópolis – que acabou resultando na morte de nove jovens no início de dezembro – é uma coisa assustadora. E também é assustadora a postura da PM quando começaram a aparecer vídeos mostrando atitudes violentas da corporação com moradores na favela – sejam elas decorrentes da ação de domingo (1º) ou não. “Existem condutas que são absolutamente inaceitáveis por parte do poder público em uma democracia, numa sociedade civilizada, mas que são moeda corrente”, diz o professor, em sua coluna desta semana.

Ele também questiona: por que as manifestações de oposição ocorrem na Avenida Paulista e não no Capão Redondo? “Porque, na Avenida Paulista, a polícia se contém. Na Avenida Paulista, a PM não vai tratar as pessoas como ela trata em Paraisópolis. É uma distinção social que perdura na história do Brasil sob o nome de desigualdade, de injustiça, de racismo em boa medida, de ódio ao pobre, de ódio ao trabalho, ao trabalhador também, porque o trabalho ficou associado com escravidão. Ficou no nosso imaginário uma ética de ganhar dinheiro trabalhando o mínimo possível, o mínimo de trabalho manual e um certo desprezo por quem está no universo do trabalho manual e que mereceria, então, ser maltratado”, destaca.

Janine pondera, entretanto, que várias pessoas ficaram cegas devido aos tiros de balas de borracha lançadas pela PM durante as manifestações de 2013, fato que também ocorreu em manifestações de outros países, como no Chile. O colunista lembra ainda um caso de violência policial ocorrido há 22 anos: em 1997, foram divulgados vídeos de policiais agredindo e extorquindo moradores da favela Naval, em Diadema, na Grande São Paulo.

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Ética e Política.


Ética e Política
A coluna Ética e Política, com o professor Renato Janine Ribeiro, vai ao ar toda quarta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.