Aliança em torno de Lula pode fortalecer Bolsonaro

Guilherme Wisnik avalia que clima antipetismo pode beneficiar o atual presidente

Na coluna desta semana, o professor Guilherme Wisnik comenta sobre a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Embora comemore a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que, segundo ele, “faz justiça mínima a um erro histórico de grandes proporções”, Wisnik não compartilha do sentimento da esquerda, percebido nas redes sociais, de que uma aliança liderada por Lula possa ganhar espaço na disputa política contra Jair Bolsonaro.

O colunista acredita que Lula surge como “o grande inimigo” que o presidente Bolsonaro precisava num ambiente de radicalismo de direita e antipetismo, justamente no momento em que a família Bolsonaro vinha sofrendo reveses.

Acompanhe no comentário acima a íntegra da coluna Espaço em Obra.


Espaço em Obra
A coluna Espaço em Obra, com o professor Guilherme Wisnik, vai ao ar toda quinta-feira às 9h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.