A natureza causa impactos nos olhos

Os mecanismos de defesa da natureza podem causar irritações, coceiras e lacrimejamentos nos olhos

Nesta edição da coluna Fique de Olho, o professor Eduardo Rocha fala sobre a percepção visual que temos das árvores, plantas e vegetais e os impactos que a natureza pode causar aos olhos. 

Com a chegada do verão, é natural passar mais tempo ao ar livre e, por consequência, em contato com a natureza. As diversas cores, sabores e odores provenientes das árvores e plantas são bastante cativantes aos sentidos. 

Entretanto, segundo o professor, todos esses atrativos são a forma de a natureza se comunicar com o ambiente, que usa uma linguagem pouco detectada pelos olhos, a linguagem das secreções. Esses aromas e gostos, quando necessários, defendem a natureza de ataques de herbívoros, micróbios ou insetos.   

Esses recursos de proteção podem fazer com que cheguem aos olhos substâncias cáusticas irritantes, que causam dor, coceira, lacrimejamento e irritações. Portanto, o professor ressalta a importância da proteção aos olhos durante o contato com as plantas e árvores. 

Ouça no link acima a íntegra da coluna Fique de Olho.


Fique de Olho
A coluna Fique de Olho, com o professor Eduardo Rocha, vai ao ar toda quarta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.