Colunista questiona limites da ingestão de álcool durante a pandemia

João Paulo Lotufo diz que o consumo de álcool chegou até mesmo a um local público como a Assembleia Legislativa de São Paulo, conforme declaração da deputada Isa Penna quando da denúncia de assédio que fez contra o deputado Fernando Cury

 02/03/2021 - Publicado há 8 meses
Por

Na coluna desta semana, o médico João Paulo Lotufo questiona os limites do consumo de bebida alcoólica em tempos de pandemia até em locais públicos, como na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Por causa do novo coronavírus, muitos países já baniram a venda de álcool, assim como outros declararam a bebida alcoólica como um bem essencial. Sobre a Alesp, Lotufo lembra do recente caso ocorrido com a deputada Isa Penna (PSOL), quando foi apalpada pelo deputado Fernando Cury (Cidadania) na altura de seus seios.

Na época, saiu nos jornais uma afirmação da parlamentar de que o deputado exalava cheiro de álcool. Segundo a deputada, “era meio clima de final de ano, alguns claramente tinham bebido, inclusive o deputado Fernando Cury, que estava cheirando a álcool, e isso ficou muito nítido naquela hora”, afirmou Isa Penna.

A parlamentar registrou um boletim de ocorrência por importunação sexual e o caso está sendo analisado pelo Comitê de Ética da Alesp. O que chama a atenção é o fato de ninguém ter apurado o consumo de bebida alcoólica em dia de votação no plenário da Assembleia. O uso da bebida foi feito em hora e local inadequados. É importante saber que a bebida alcoólica é responsável por 80% dos problemas sociais. O que se quer é punição exemplar da Comitê de Ética nos dois casos, tanto no assédio como no consumo de bebida dentro da Alesp.


Dr. Bartô e os Doutores da Saúde
A coluna Dr. Bartô e os Doutores da Saúde, com o médico assistente do Hospital Universitário da USP João Paulo Lotufo, vai ao ar toda terça-feira às 09h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.