Colunista fala sobre a pobreza digital das instituições culturais brasileiras

“Pesquisa mostra despreparo e desatenção com que muitas instituições culturais têm tratado a questão digital”, diz Gilson Schwartz

 21/06/2021 - Publicado há 4 meses
Por

A maioria dos equipamentos culturais ainda tem como principal fonte de recursos o governo municipal. No entanto, apesar de metade dos gestores de pontos de cultura, teatros e museus terem uma formação em gestão cultural, a formação sobre usar a tecnologia digital na administração desses equipamentos é algo verificado em menos de um terço deles.

Pesquisa realizada pela Cetic.br – Centro Regional de Estudos para o Desenvolvimento da Sociedade da Informação – mostra que o Brasil não tem pessoas preparadas para enfrentar o desafio que é reinventar a cultura pelo meio digital. “A internet na cultura brasileira está parada no tempo da homepage, da webpage, do site, não é um lugar de atividade. É um lugar de registro, de informação”, avalia colunista.


Iconomia 
A coluna Iconomia, com o professor Gilson Schwartz, vai ao ar toda segunda-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.