Colunista enaltece decisão do “New York Times”

Lins da Silva refere-se à estratégia do jornal de abrir para o público o processo de escolha do candidato a ser apoiado pela publicação nas próximas eleições presidenciais

Pela primeira vez, o Conselho Editorial do New York Times vai abrir ao público o processo de escolha de quem terá o apoio do jornal nas eleições primárias que irão definir o candidato democrata para as eleições presidenciais norte-americanas do ano que vem. Tradicionalmente, nos EUA, os jornais escolhem candidatos a todos os cargos eletivos e dão seu apoio em editorial, sem que isso contamine o noticiário.

“Acho que isso é extremamente positivo, porque quanto mais transparente for o processo das decisões editoriais dos veículos jornalísticos, mais fica claro para o leitor como elas se dão e mais o leitor tende a confiar nesses veículos”, diz Lins da Silva em sua coluna semanal para a Rádio USP. “Eu acho que a transparência, nesse momento de crise da imprensa, é um fator absolutamente fundamental, que deve ser ampliada até os seus limites máximos.”

O colunista também comenta o fato de que o NYT, a exemplo de outros veículos jornalísticos, tem apostado muito no vídeo, numa estratégia que visa a capturar um público mais jovem, que prefere ver e ouvir as informações em vez de lê-las.

Acompanhe, pelo link acima, a íntegra da coluna Horizontes do Jornalismo.


Horizontes do Jornalismo
A coluna Horizontes do Jornalismo, com o professor Carlos Eduardo Lins da Silva, vai ao ar toda segunda-feira às 9h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.