Colunista analisa movimentos internos do atual governo e sua atuação em Davos

Uma ala mais pragmática, constituída por militares, vem perdendo espaço entre dois ideólogos: um que se diz “liberal” e outro que se imagina “conservador”

Numa interpretação do atual governo em relação às questões ambientais, o professor José Eli da Veiga chama atenção para os anúncios feitos pelo Brasil sobre a Amazônia, no Fórum Econômico Mundial, e a posição do vice-presidente Hamilton Mourão. “Recentemente, lá em Davos, na Suíça, foi anunciado que Mourão coordenaria um plano amazônico que envolve a criação de um conselho e uma série de outras medidas”, lembra o colunista. “Mas os noticiários informam que a situação não está caminhando. Será que, mais uma vez, ‘cortaram’ as asas do Mourão?”, questiona Eli da Veiga.

Em sua análise, o colunista também lembra os recentes embates entre governo e imprensa. O jornalista Ricardo Noblat declarou que o “prazo de validade” do general Augusto Heleno, ministro do Gabinete de Segurança Institucional (SGI) da Presidência da República, já venceu. Bravo, o ministro retrucou, declarando que a crítica vinha de um “morto vivo”. “Me chama a atenção essa, digamos, decadência do general Heleno, pois preciso dizer que o que disse Noblat está baseado no fato de que deram ‘uma tremenda esvaziada’ no poder que o general tinha sobre a área de informação do governo”, diz Eli da Veiga.

Ouça no link acima a íntegra da coluna Sustentáculos.


Sustentáculos
A coluna Sustentáculos, com o professor José Eli da Veiga, vai ao ar toda segunda-feira às 8h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.