Cidadão deveria ser o termo mais nobre de uma democracia

Para Renato Janine, somente uma educação que ensine às crianças que todos são iguais pode mudar a infeliz ideia de que “engenheiros são melhores que cidadãos”

Na coluna Ética e Política desta semana, Renato Janine Ribeiro comenta o episódio envolvendo um casal que discutiu com um fiscal da vigilância sanitária da cidade do Rio de Janeiro. Ao fiscalizar o uso de máscaras em bares na cidade, ele se dirigiu ao homem usando a palavra cidadão, quando  foi interrompido pela mulher, que disse: “Cidadão, não. Engenheiro civil, formado, melhor do que você”. A atitude do casal custou o emprego da mulher, além de muitas críticas da opinião pública. Para o colunista, cidadão deveria ser a palavra mais importante dentro de uma democracia, pois mostra que todas as pessoas são iguais perante a lei.

Segundo o colunista, a frase da mulher dá a entender que ser engenheiro é mais do que ser cidadão e ela ainda complementa ao dizer “é melhor do que você”. Mas por que essa ideia de que ser engenheiro é ser melhor do que os outros? “Uma das ideias básicas da democracia é que ninguém é melhor do que ninguém, todos são iguais. Podemos ser melhores em algumas coisas, mas isso não nos dá direito de desrespeitar a lei, de violar a lei, ou algo do gênero”, diz o colunista.

Há também um lado paradoxal, aponta Janine. A mulher diz “engenheiro civil, formado”. Mas haveria um engenheiro civil que não tenha sido formado? É contraditório, pois, se é engenheiro, supõem-se que ele tem diploma. O colunista diz que a intenção talvez tenha sido frisar que o engenheiro tem diploma, mas o fiscal não. Mas a mulher errou profundamente, pois o fiscal não apenas tem diploma, como tem também mestrado e doutorado – titulação provavelmente superior à do engenheiro.

Para o colunista, a única forma de mudar esse quadro em nossa sociedade é uma educação democrática, em que as crianças sejam ensinadas que todas as pessoas são iguais.

Ouça, no link acima, a íntegra da coluna Ética e Política.


Ética e Política
A coluna Ética e Política, com o professor Renato Janine Ribeiro, vai ao ar toda quarta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.