Bandas americanas de rock progressivo são mais cuidadosas e conservadores do que as inglesas

No programa História do Rock destaque também para a banda inglesa “Yes” que tem nos teclados Rick Wakeman

Nesta edição do programa História do Rock, o professor Mario De Vivo fala sobre a banda Yes e também aborda as diferenças existentes entre as bandas de rock progressivo inglesas e americanas.

O professor conta que o Yes é uma banda inglesa formada em 1968, por John Anderson nos vocais, Chris Squire no baixo, Peter Banks na guitarra, Bill Bruford na bateria  e Tony Kaye nos teclados.

Em 1971 Rick Wakeman assume os teclados da banda. Seu estilo de tocar difere do tecladista anterior, pois, além de solar nas músicas, Wakeman dominava os sintetizadores, característica que o Yes buscava na época.

De Vivo também aponta para algumas diferenças entre as bandas americanas e inglesas de rock progressivo. A principal diferença pode ser percebida nas bandas americanas, que são mais cuidadosas e conservadores na hora de ousar e criar sons peculiares. 

Ouça no player acima a íntegra do programa História do Rock.

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.