As semelhanças entre o coronavírus e o vírus digital

Vírus da internet invade e contamina um organismo saudável, assim como fazem os vírus reais

Um elemento saudável de dentro do organismo pode se tornar hostil de uma hora para a outra. Um exemplo é o WikiLeaks e Whistlebowers, técnicos altamente classificados dentro do sistema de informática global, que se voltam contra o próprio sistema e vão a público denunciar irregularidades, colocando em dúvida o que é um vírus, trazendo a espionagem para o mundo digital. Esse também é um movimento político, uma cultura de resistência, de contestação e crítica para a esfera das comunicações internacionais.

O coronavírus é um exemplo de um caso muito estudado da infodemiologia, assim como a epidemiologia, que estuda as epidemias. O professor Gilson Schwartz explica que a  “infodemiologia foca na relação entre a internet e o conteúdo criado por usuários da esfera digital, com informações na área da saúde. Há uma análise dos dados da internet, das consultas, da distribuição geográfica, do comportamento on-line em torno de várias doenças.”

Saiba mais no http://sites.usp.br/Iconomia


Iconomia 
A coluna Iconomia, com o professor Gilson Schwartz, vai ao ar toda segunda-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção  do Jornal da USP e TV USP.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.