Área de humanas auxilia no combate à pandemia

Colunista conta mais sobre o projeto Covid-19: Políticas Públicas e as Respostas da Sociedade, que tem contribuído com pesquisas sobre impactos da pandemia

Não só as áreas de biológicas e exatas estão ajudando no combate à pandemia de coronavírus. Na coluna de hoje, Glauco Arbix ressalta a importância do conhecimento de humanas na corrida contra a covid-19 contando um pouco mais sobre o projeto Covid-19: Políticas Públicas e as Respostas da Sociedade.

O professor explica que “várias universidades estão oferecendo sua infraestrutura para oferecer conhecimento e potencial capazes de minimizar os impactos da crise de coronavírus, inclusive na área de humanas, não só em estudos sobre psicologia ou economia, mas também sobre sociologia e ciências políticas, por exemplo”. É o caso da rede Covid-19: Políticas Públicas e as Respostas da Sociedade, iniciada basicamente com os esforços de uma pesquisadora de Ciências Políticas da USP, que acabou se juntando com grupos da Sociologia e outras instituições de pesquisa e empresas no intuito de contribuir no combate à pandemia.

Arbix cita um dos boletins do grupo, que destaca os impactos no mercado de trabalho: “Nota-se uma distribuição regional das mais vulneráveis semelhante em todas as regiões do Brasil. As pesquisas mostram também como as diferenças entre vulnerabilidades de homens e mulheres é resultado da segregação setorial, ou seja, homens são mais presentes em setores essenciais, enquanto as mulheres, não. Além disso, existe a diferença racial, sendo que os brancos têm vínculos ao mercado de trabalho mais fortes”. Saiba mais ouvindo a coluna Observatório da Inovação na íntegra.


Observatório da Inovação
A coluna Observatório da Inovação, com o professor Glauco Arbix, vai ao ar toda segunda-feira às 10h50, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.