Após breve trégua, Bolsonaro volta a atacar a imprensa

Para André Singer, os recentes ataques feitos pelo atual presidente a veículos de imprensa devem ser contestados por ferirem a democracia e a liberdade de expressão

Os recentes ataques a veículos de imprensa e jornalistas feitos pelo presidente Jair Bolsonaro não são novidades em seu currículo. Mesmo antes de seu atual cargo, a relação entre o presidente e a imprensa era, no mínimo, tempestuosa. Mas, recentemente, o tom utilizado por Bolsonaro estava mais ameno, sem ataques diretos, o que pacificou relações entre os Poderes e negociações em andamento. “Desde a prisão do ex-PM Fabrício Queiroz, em 18 de junho, o presidente Bolsonaro moderou a linguagem e parou de fazer declarações antidemocráticas diárias, algo que ocorria desde meados de março, quando começou, na verdade, a pandemia”, comenta o colunista.

O discurso moderado ficou para trás quando o presidente ameaçou o jornalista de O Globo ao ser perguntando sobre os depósitos feitos à primeira-dama, Michelle Bolsonaro. Singer explica que, de acordo com pesquisadores que estudam regressões autoritárias em países democráticos, a primeira vítima de tal autoritarismo é sempre a imprensa. Para ele, isso ocorre devido a dois fatores: o primeiro é que a imprensa é o veículo das manifestações que procuram defender a democracia e, segundo, trata-se de um ataque a uma das liberdades civis mais básicas, a liberdade de expressão.

Saiba mais ouvindo a coluna Poder e Contrapoder , na íntegra, no player acima.


Poder e Contrapoder
AA coluna Poder e Contrapoder, com o professor André Singer, vai ao ar toda quinta-feira às 9h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.