Primeira ambulância com tomografia para atendimento de AVC começa a circular no País

Pontes Neto comenta que estudos realizados nos Estados Unidos e na Europa mostram a importância da ambulância adaptada com equipamento para o início de tratamento na primeira hora do início dos sintomas

Nesta edição da coluna Minuto do Cérebro, o professor Octávio Pontes Neto traz uma novidade para o atendimento de pacientes com Acidente Vascular Cerebral no Brasil: a mobile stroke unit. O professor explica que se trata de uma ambulância equipada com um tomógrafo portátil para atendimento emergencial a vítimas de AVC. Primeira unidade em funcionamento no País, começou a funcionar em Brasília-DF na última semana. O recurso, adquirido pelo hospital Santa Lúcia, da rede privada de saúde de Brasília, promove diagnóstico e início de tratamento e já existe em países da Europa e América do Norte. 

Segundo o professor Pontes Neto, o atendimento de pessoas com AVC exige realização rápida de uma tomografia de crânio. O exame é fundamental para diferenciar o AVC isquêmico, causado pela obstrução da artéria que leva sangue ao cérebro, do AVC hemorrágico, provocado pelo rompimento de um vaso, levando ao extravasamento de sangue para o tecido cerebral. “Embora a apresentação clínica das duas formas da doença seja semelhante, o tratamento é diferente”, explica. 

A pouca quantidade de aparelhos de tomografia nos hospitais do Brasil, somada ao trânsito ruim das principais cidades, impedindo que o paciente chegue rápido ao hospital, são problemas citados pelo professor que dificultam o atendimento a esses pacientes. Pontes Neto conta que estudos realizados nos Estados Unidos e na Europa mostram a importância da ambulância adaptada para o início do “tratamento com trombolíticos logo na primeira hora do início dos sintomas, com resultados positivos na redução de incapacidade dos pacientes. Resta saber quanto tempo vai demorar para que esse tipo de recurso tecnológico esteja disponível para pacientes do Sistema Único de Saúde”, afirma o professor. 

Ouça no link acima a íntegra da coluna Minuto do Cérebro.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.