Adiamento da prova do Enem é imprescindível

Segundo Renato Janine, não é possível fazer a prova, mobilizando milhões de estudantes, sem que haja segurança no deslocamento das pessoas

A pandemia provocada pelo novo coronavírus tem provocado várias discussões na sociedade. Uma delas está ligada ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ele deve ou não ser mantido? Na coluna Ética e Política desta semana, Renato Janine Ribeiro explica os motivos que o fazem ser favorável ao adiamento da prova.

Para o colunista, não é possível fazer o exame, mobilizando milhões de estudantes, sem que haja segurança no deslocamento das pessoas. Também seriam necessários alguns meses até preparar o exame do Enem, desde a elaboração das provas, a impressão e o envio aos locais de realização, o que poderia levar, no mínimo, três meses. E como tudo no Brasil, nos dias atuais, o Enem também depende de uma questão de saúde pública, diz o colunista.

O professor sugere que, no caso da não realização do Enem, neste ano, uma alternativa para ingresso nas universidades federais via Sistema de Seleção Unificada (Sisu) – que se baseia nas notas obtidas no Enem – seria usar as notas do Exame Nacional dos anos anteriores, escolhendo a melhor nota obtida pelo candidato.

O colunista destaca ainda um outro problema: o fato de muitos cursos universitários não estarem sendo ministrados. E, se a pandemia não for logo resolvida, esses universitários estarão ocupando essas mesmas vagas de primeiro ano em 2021. E, neste caso, não haveria vagas a serem preenchidas.

Ouça, no link acima, o áudio na íntegra da coluna Ética e Política.


Ética e Política
A coluna Ética e Política, com o professor Renato Janine Ribeiro, vai ao ar toda quarta-feira às 8h30, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.