Física Médica usa métodos da física para prevenir, diagnosticar e tratar doenças

Hospitais, clínicas, centros de imagens e de pesquisas são exemplos de locais onde o profissional da área pode atuar

  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  
Profissional pode realizar trabalhos na área de radioproteção, radiodiagnóstico, controle de qualidade, entre outros – Foto: Steven Fruitsmaak via Wikimedia Commons / CC BY-SA 3.0

No programa Abrace uma Carreira do dia 6 de setembro, as jornalistas Miriam Ramos e Mel Vieira apresentaram o programa em rede, reunindo as equipes de São Paulo e de Ribeirão, para tratar da carreira na Física Médica.

O curso é oferecido pela USP na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Os professores do curso Juliana Fernandes Pavoni, Patrícia Nicolucci e Oswaldo Baffa Filho são os convidados do programa, junto a pós-graduandos e um residente em Física Médica do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto.

O bacharelado tem duração de cinco anos e é oferecido no período noturno. Segundo a página do curso, durante os primeiros cinco semestres são trabalhados conhecimentos avançados de física, matemática, estatística, computação, química, anatomia e fisiologia, assim como conhecimentos interdisciplinares de biofísica e bioquímica. Já na segunda metade do curso, há um conjunto majoritário de disciplinas aplicadas às ciências da saúde e biológicas. O estágio é obrigatório e deve ser realizado em centros credenciados pelo departamento, que desenvolvam trabalhos e pesquisas nas ciências da saúde, ciências biológicas, instrumentação biomédica e/ou trabalhos que estão dentro dos objetivos do curso.

Ouça o programa na íntegra:

A proposta do Abrace uma Carreira é divulgar e tirar dúvidas de jovens estudantes sobre as profissões. Em cada edição, especialistas relatam suas experiências e respondem às perguntas feitas pelos estudantes.

O programa vai ao ar na Rádio USP- 93,7 MHz, toda quinta-feira, às 13 horas, com reprise aos domingos, às 16 horas. A produção e apresentação é da jornalista Miriam Ramos.

Sugestões e perguntas pelos e-mails: abrace@usp.br e miriamramos@usp.br

  • 7
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados