A questão da governança global em meio à pandemia

Encontrar soluções para os novos desafios globais impostos pela pandemia é uma das metas do mundo globalizado

A crise causada pela pandemia do coronavírus e de sua doença, a covid-19, atinge também a questão da governança global. É isto o que afirma o professor Pedro Dallari em sua coluna desta semana. Segundo ele,”o mundo vive uma crise global. E problemas globais exigem soluções globais, como o aperfeiçoamento da governança global. Ou seja, da articulação entre os países para lidar com problemas de dimensão geral”. “A Primeira Guerra Mundial, por exemplo, gerou algo muito importante para a governança global, a Liga das Nações, uma organização internacional de vocação universal. Ela teve um papel muito importante, já que foi a partir dela que surgiu, por exemplo, a Organização Internacional do Trabalho. Mas a Liga das Nações falhou no seu objetivo principal, que era a garantia da paz, e veio a Segunda Guerra Mundial”, lembra ele.

“Na sequência da guerra, criou-se, em 1945, a ONU, um novo estágio para a garantia da governança internacional. A ação da OMS, uma agência constituída pela ONU, em meio à pandemia, mostra bem sua importância na questão da governança. E a crise atual vai demandar o aperfeiçoamento de ações de governança global”, garante o colunista. “E justamente por isso, a Universidade de São Paulo, para ajudar seus pesquisadores nesta reflexão, convidou o colombiano José Antonio Ocampo, que foi secretário-geral adjunto da ONU para Assuntos Econômicos, a ser o titular este ano da Cátedra José Bonifácio. Ele chega para trabalhar em pesquisas voltadas à governança internacional, verificando quais são os desafios, e para aperfeiçoar propostas de gestão internacional”, afirma ele.

José Antonio Ocampo, ex-secretário-geral adjunto da ONU, é novo titular da Cátedra José Bonifácio

Ouça no player acima a íntegra da coluna Globalização e Cidadania.

 


Globalização e Cidadania
A coluna Globalização e Cidadania, com o professor Pedro Dallari, vai ao ar toda quarta-feiraa às 8h, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.