Jornal da USP + Você já parou para escutar o que os diferentes tipos de som têm a nos dizer?

Nesta matéria especial, conversamos com o professor Fernando Iazzetta, coordenador do Núcleo de Pesquisas em Sonologia (NuSom), da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=268715

Jornal da USP + Você já parou para escutar o que os diferentes tipos de som têm a nos dizer?
Jornal da USP +

 
 
00:00 / 13:16
 
1X
 

No colégio, aprendemos que o som é uma onda de energia que se propaga em meios materiais, como o ar e a água, por exemplo.  Mas além de ser um fenômeno da física, você já parou para pensar em todos os mistérios que cercam os sons ao nosso redor?

No Núcleo de Pesquisas em Sonologia (NuSom), da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, em São Paulo, pesquisadores voltam suas mentes e ouvidos para entender diferentes questões que envolvem o estudo do som. Para o professor Fernando Iazzetta, coordenador do NuSom e docente do Departamento de Música da ECA, estudar os sons envolve perceber como “relações políticas, raciais, de gênero” se fazem presentes nas diversas produções sonoras. 

Além disso, para o especialista, compreender os contextos por trás de sons e músicas pode nos ajudar a planejar espaços urbanos, ampliar nossa compreensão sobre comunidades que compõem a cidade e até descobrir como esse tipo de produção pode ser usada contra nós, em guerras, por exemplo.

Por isso, nesta matéria especial do Jornal da USP+, introduzimos o ouvinte ao estudo da sonologia, campo que busca esclarecer as diferenças entre  música e som, e promove pesquisas sobre manifestações sonoras que abarcam várias disciplinas distintas.

Ouça o podcast na íntegra no player acima.

Ficha técnica

Reportagem: Crisley Santana
Roteiro: Denis Pacheco
Edição: Beatriz Juska, com colaboração de Rafael Simões

Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.