USP Especiais #36: Todos os Olhos de Tom Zé

Programa traz o álbum “Todos os Olhos”, de Tom Zé, mostrando suas relações com o experimentalismo e seu projeto estético

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=365467

USP Especiais #36: Todos os Olhos de Tom Zé
USP Especiais

 
 
00:00 / 1:00:01
 
1X
 

Todos os Olhos talvez seja o álbum mais importante de Tom Zé e é, sem dúvida, um divisor de águas em sua carreira. Um álbum conceitual, experimentalista e, sobretudo, perpassado por uma abordagem do anti-herói.

Tom Zé foi participante do movimento tropicalista. Mas, com o declínio do movimento, esteve longe das altas vendagens, diferentemente de Caetano ou Gil. Nesse movimento, a ala mais experimentalista, com Os Mutantes, Rogério Duprat e o próprio Tom Zé, acabou por ficar à margem.

Sem abrir mão do seu projeto estético, Tom Zé grava um álbum que vai na contramão do ambiente sonoro da canção. Tom Zé revisita Dolores Duran e desconstrói o samba-canção; revisita e também desconstrói a si mesmo em O Riso e a Faca; desfaz a bossa nova na anticontemplação de Brigitte Bardot; e personifica a cidade de São Paulo em Augusta, Angélica e Consolação.

Sendo um álbum conceitual, a polêmica sobre a capa também esteve presente.

Neste programa você ouvirá uma análise, na íntegra, desse álbum.

 

______________________________________________________________________________

Créditos do programa

Roteiro, apresentação e montagem: Eduardo de Oliveira

Supervisão e revisão: Gustavo Xavier

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.