Sociedade em Foco #90: Reforma eleitoral e a alta da inflação

José Luiz Portella explica as mudanças eleitorais aprovadas na Câmara dos Deputados e as consequências diretas da inflação

Jornal da USP
Jornal da USP
Sociedade em Foco #90: Reforma eleitoral e a alta da inflação
/

 

A Reforma Eleitoral foi aprovada na Câmara dos Deputados, com o enfraquecimento da Lei da Ficha Limpa e o recuo da quarentena eleitoral. Dessa forma, o prazo de inelegibilidade passa a ser contado a partir da condenação e não será necessário que militares e juízes aguardem cinco anos antes de se candidatarem. Também houve mudanças em regras sobre pesquisas eleitorais, prestação de contas e fundo partidário.

Agora, o texto passará pelo Senado. De acordo com José Luiz Portella, doutor em História Econômica pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP, a expectativa é que o documento não seja aprovado até outubro deste ano, por isso não terá efeito já para as eleições de 2022. “Nós estamos caminhando sempre para alguma coisa brasileira imediatista, que resolve o problema da corporação, e não ajuda na formação de um sistema que melhore as condições para o planejamento de políticas públicas”, questiona Portella.

A alta da inflação também agitou as últimas semanas. Para tentar controlar essa alta, o Banco Central aumenta os juros, o que gera “menos possibilidade de criação de investimentos por parte da iniciativa privada e menos emprego”. A instabilidade política também afasta investimentos. “Nós estamos em um momento bem complicado”, finaliza Portella.


Momento Sociedade
O Momento Sociedade vai ao ar na Rádio USP todas as segundas-feiras, às 8h30 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.