Sociedade em Foco #117: Os aumentos da Petrobras devem ser cobertos para os mais vulneráveis

José Luiz Portella analisa as movimentações governistas diante do novo aumento dos preços dos combustíveis pela estatal

Momento Sociedade - USP
Momento Sociedade - USP
Sociedade em Foco #117: Os aumentos da Petrobras devem ser cobertos para os mais vulneráveis
/

No episódio da semana do podcast Sociedade em Foco, José Luiz Portella, doutor em História Econômica pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) e pesquisador do Instituto de Estudos Avançados (IEA), ambos da USP, explica que as políticas da Petrobras, umas das maiores empresas do País, estratégica no controle do setor energético brasileiro, precisavam ter sido elaboradas no início do mandato do atual governo.

Na avaliação do professor, os interesses eleitorais dominam as reações de figuras políticas, como as do presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. “Por que eles ficaram quatro anos e não fizeram isso [as medidas que julgam necessárias] como um programa de governo?”, questiona. As políticas públicas no Brasil geralmente são levadas dessa forma, de acordo com o professor. “As ações […] são questionadas só no momento em que têm impacto eleitoral. Não houve um estudo no início desse governo, e até dos outros, no sentido de [pensar] qual o papel da Petrobras? Até onde ela pode ir?” 

O professor critica a política de subsídios como solução do problema. “Porque toda política de subsídios no Brasil normalmente leva a um estado de privilégio dos grupos mais próximos de quem atua no Congresso, dos empresários que têm mais influência.” 

Em sua avaliação, o melhor seria uma política de renda básica transitória mensal para aqueles mais vulneráveis receberem um valor que cubra os aumentos da Petrobras, permitindo-lhes pagar pelo diesel, gás e outras necessidades básicas, considerando os custos de produção, a variação do dólar e o valor do barril de petróleo no mercado internacional, todos fatores que influenciam no preço dos combustíveis.


Momento Sociedade
O Momento Sociedade vai ao ar na Rádio USP todas as segundas-feiras, às 8h30 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.