Saúde sem Complicações #16 – Vacina do HPV causa surto no Acre

Segundo Renato Luiz Marchetti, o surto se revelou uma doença psicogênica epidêmica pós-vacinal, que pode acometer também pessoas saudáveis, mas que existem fatores de risco que possibilitam seu surgimento, como situações traumáticas, crescer em um lar disfuncional, doença crônica na infância e estar vivendo uma situação psicologicamente difícil

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=314452

Saúde sem Complicações #16 – Vacina do HPV causa surto no Acre
Saúde sem Complicações

 
 
00:00 / 27:51
 
1X
 

O podcast Saúde Sem Complicações desta semana recebe o neuropsiquiatra e médico assistente do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (FM) de São Paulo, Renato Luiz Marchetti, para falar sobre o surto por vacina contra HPV. 

O surto, que teria vindo da vacinação contra o HPV (Vírus do Papiloma Humano), aconteceu em 2014, primeiro ano em que o SUS iniciou a oferta de vacina gratuita. Após a vacinação, as meninas diziam sentir dormência nas pernas, apresentar convulsões e viver momentos de histeria coletiva. No Acre, o surto persistiu até 2017. Por isso, o Ministério da Saúde pediu à equipe do IPq do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP de São Paulo a análise dos casos que haviam sido notificados pela Secretaria de Estado de Saúde do Acre. 

Marchetti afirma que, dos 72 casos suspeitos de reações provocadas pela vacina contra o HPV, a equipe do Instituto analisou os mais graves: 11 casos de meninas e um, de menino. Os exames de dois irmãos, uma menina e um menino, revelaram que os sintomas epiléticos eram genéticos, sem relação com a vacina. 

Já os 10 casos restantes, que não tinham epilepsia, mas sintomas convulsivos, apresentaram “crises não epilépticas psicogênicas”, causando manifestações neurológicos funcionais que, no caso de uma epidemia, ganha o diagnóstico de “doença psicogênica epidêmica pós-vacinal”.  

Além disso, o neuropsiquiatra explicou que o surto de doença psicogênica – sem estar relacionado a uma epidemia – também pode acometer pessoas saudáveis; porém, existem fatores de risco que possibilitam seu surgimento. Situações traumáticas, crescer em um lar disfuncional, doença crônica na infância e estar vivendo uma situação psicologicamente difícil são possíveis fatores de risco.


Saúde sem complicações

Apresentação: Mel Vieira
Produção: Mel Vieira e Flávia Coltri
Edição: Rita Stella
Edição Sonora: Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana
Coordenação: Rosemeire Talamone
Edição Geral: Cinderela Caldeira
E-mail: ouvinte@usp.br
Horário: terça-feira, às 13h.
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 107,9; ou Ribeirão Preto FM 107.9, ou pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS
 

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.