Saúde sem Complicações #11: Síndromes podem acompanhar malformações craniofaciais

A condição pode ser congênita e mais simples, como a fissura palatina, por exemplo, mas também pode ocorrer em conjunto com síndromes como Treacher Collins e Pierre Robin

Por - Editorias: - URL Curta: jornal.usp.br/?p=304433

Saúde sem Complicações #11: Síndromes podem acompanhar malformações craniofaciais
Saúde sem Complicações

 
 
00:00 / 27:31
 
1X
 

O podcast Saúde sem Complicações desta semana recebe o professor Cristiano Tonello, do curso de Medicina da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) da USP, que também é chefe técnico do Departamento Hospitalar do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da USP (HRAC-USP) em Bauru, para falar sobre malformações craniofaciais.

A malformação craniofacial é uma condição que geralmente é apresentada desde o nascimento da criança. O problema recebe esse nome porque acomete a região da face e do crânio, podendo atingir os lábios, céu da boca, orelhas, olhos e, nos casos mais graves, a cabeça. Segundo Tonello, o termo “malformações craniofaciais” é bem geral e engloba desde as alterações mais comuns e congênitas, como a fissura labiopalatina, até as mais graves, que envolvem assimetria e deformidades no crânio.

As causas da condição não são necessariamente genéticas e podem ocorrer por conta de doenças e uso de drogas e álcool durante a gestação, mas, na maioria dos casos, surgem em conjunto com algumas síndromes, como a Síndrome de Treacher Collins e a de Pierre Robin. Quando se trata de herança genética, Tonello afirma: “Uma vez que o paciente tem essa condição, os seus filhos têm uma chance de pelo menos 50% de terem também”.

Para saber mais sobre as malformações craniofaciais e como elas podem impactar a qualidade de vida dos pacientes, ouça o podcast na íntegra acima.


Saúde sem complicações

Apresentação: Mel Vieira
Produção: Mel Vieira e Flávia Coltri
Edição: Rita Stella
Edição Sonora: Mariovaldo Avelino e Luiz Fontana
Coordenação: Rosemeire Talamone
Edição Geral: Cinderela Caldeira
E-mail: ouvinte@usp.br
Horário: terça-feira, às 13h.
Veja todos os episódios da Saúde sem complicações
Você pode sintonizar a Rádio USP em São Paulo FM 107,9; ou Ribeirão Preto FM 107.9, ou pela internet em www.jornal.usp.br ou pelo aplicativo no celular para Android e iOS
 

.

.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.