Momento Tecnologia #65: RandomIA, o aplicativo que auxilia médicos na tomada de decisões

Roberta Wichmann explica que o aplicativo tem o objetivo de “fornecer aos médicos predições confiáveis de prognósticos negativos, com intuito de prever necessidade de ventilação mecânica, por exemplo

Por
Momento Tecnologia - USP
Momento Tecnologia - USP
Momento Tecnologia #65: RandomIA, o aplicativo que auxilia médicos na tomada de decisões
/

Já imaginou se os médicos pudessem prever, com precisão, as chances de um paciente ser internado, desenvolver uma doença ou receber alta? Esse tipo de informação poderia ajudar esses profissionais na hora de tomar decisões, decidir os tratamentos e intervenções médicas. 

Foi pensando nisso que pesquisadores da Faculdade de Saúde Pública (FSP) da USP desenvolveram um aplicativo chamado RandomIA. Essa plataforma utiliza algoritmos e Inteligência Artificial para computar dados dos pacientes e fornecer informações completas e precisas para os médicos. 

Roberta Wichmann, pesquisadora do Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública e supervisora do projeto, explicou que o RandomIA surgiu durante o enfrentamento da pandemia de covid-19. O objetivo era “fornecer aos médicos predições confiáveis de prognósticos negativos, com intuito de predizer mortalidade, necessidade de ventilação mecânica, por exemplo”.

O aplicativo utiliza algoritmos de machine learningPara a coleta de dados, o próprio médico ou médica deve preencher as informações sobre os pacientes na plataforma. Esses dados são convertidos em uma espécie de pontuação, chamada de score, que indica o quadro daquele paciente. 

Alexandre Chiavegatto, professor da FSP, especialista no uso de Inteligência Artificial na área da saúde e um dos líderes do projeto, conta que os médicos inserem no RandomIA informações como idade, gênero, resultados de exames, sinais vitais e sintomas. Com essas informações, por meio do machine learning, o aplicativo fornece o score que indica, por exemplo, o risco daquele paciente precisar de uma internação em UTI.

O RandomIA é avaliado em 18 hospitais brasileiros. Chiavegatto explica que os resultados serão divulgados gratuitamente e que parcerias serão feitas para que o algoritmo seja aplicado.

Ele também ressalta a importância da Inteligência Artificial na área da saúde. “Uma coisa é o algoritmo tomar uma decisão inteligente, com os dados apenas. Outra coisa é ter um impacto na melhoria da situação de saúde dos pacientes. É nessa fase que estamos hoje: Inteligência Artificial 2.0”, diz.


Momento Tecnologia
Edição de roteiro: Denis Pacheco
Edição de som:  Guilherme Fiori
Edição geral: Cinderela Caldeira
E-mail: ouvinte@usp.br
Horário: Quinzenalmente, terças-feiras, às 8h05

O Momento Tecnologia vai ao ar na Rádio USP, quinzenalmente, segundas-feiras, às 8h05 – São Paulo 93,7 MHz e Ribeirão Preto 107,9 MHz e também nos principais agregadores de podcast  Veja todos os episódios do Momento Tecnologia

 

 

 


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.